Clube de Leitura da Casa Amarela

180

whatsapp-image-2022-03-13-at-07-19-36

Do Amor e outros Demônios, o livro discutido no dia 13/03/2022, no Clube de Leitura da Casa Amarela, foi um mergulho nas águas maravilhosas da escrita de García Marquez, Gabo para nós, seus leitores apaixonados.
Dando um salto do presente, para 200 anos atrás, a partir de uma reportagem para o jornal onde trabalhava, nos leva para o cerne do amor e do horror, numa história que ouviu da sua avó.
Cada personagem jamais será esquecido.
A menina de 12 anos, Sierva Maria, que sofre os piores horrores no Convento onde está aprisionada levada pelo pai, aprisionada pela Igreja e Inquisição, por causa da mordida de um cão raivoso, que, por ter sido criada na Senzala da propriedade, (seus pais a ignoravam) falava línguas africanas, por tudo isso, a matemática da Igreja fazia dela uma possuída.
Bem sabemos o que a Inquisição fazia com os possuídos. Com as mulheres.
Mas Gabo constrói uma potente história de amor.
Nesse livro a atmosfera é de medo, loucura, decadência.
Tudo se espessa e morre, só o amor se salva.
A cada frase as imagens inesperadas e feéricas, maravilhosas, nos agarram e nos deixam quase sem ar.
O romance trabalha com uma potência simbólica imensa e ficamos impregnados de algo que não sabemos definir.
Neste nosso tempo de intolerância e Guerra,
onde a ignorância dos fanáticos vai tecendo sofrimento e morte, Do Amor e outros Demônios nos alerta para a extensão do mal e nos deixa na frente do espelho de nossos próprios Demônios.
Mas a teia do amor nunca se extingue.
E foi maravilhosa a leitura de cada um, que ao se costurar com a do outro, faz a mais bela tessitura trazendo muitos pontos de vista.
A leitura solitária e depois a discussão coletiva, mesmo online, é um deleite.

Roseana Murray

Compartilhar