Neurivan Sousa

0
853

O ótimo livro “Poemas para metrônomo e vento”, da consagrada Roseana Murray, (Penalux, 2018), traz uma poesia sob medida que nos enlaça pela sutileza e deslumbramento das imagens. A densidade de seus poemas é de água e de pedra e de ventos e de árvores e de luas e de luz… Sua voz é de uma sonoridade rítmica tão delicada que se confunde com a polifonia produzida pelo beijo da aragem nas cortinas dos nossos olhos. É ler e se deixar levar pela fluidez de um rio manso e maiúsculo.

Neurivan Sousa
Professor – Santa Rita/MA

Compartilhar

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here