E.M. Honorina de Carvalho

0
335

28942480_1825256757539281_435730594_o

Recebi hoje a E.M. Honorina de Carvalho, que fica em Pendotiba, Niterói.

Chegaram tarde, pois vieram num ônibus escolar comum, que tinha que atender muitos alunos antes.

Brincamos com poemas, eu acho que é a melhor maneira de aproximá-los da poesia.

Eram da sexta e sétima séries e um menino me disse, na hora de ir embora:
– Tia, deixa eu morar com a senhora.
Eu perguntei:
– Mas e teu pai e tua mãe?
Ele respondeu:
– Não faz mal, tia, eu prefiro ficar aqui.

Outro me disse que era uma honra estar com uma escritora famosa.

E uma menina disse que jamais se esqueceria do que viveu hoje.

Entre as brincadeiras poéticas eu pedi que me dessem ditados populares.

Eles sabiam muitos, eu desconhecia quase todos.

Para o meu Poço dos Desejos pedi desejos e o que mais me comoveu foi o desejo deles de que o tráfico acabasse. Desejam um mundo sem policiais e sem traficantes.

Muitos querem ser engenheiros, trabalhar com informática, querem ser médicos…

Tomara que consigam vencer tantas dificuldades.

Pelo menos passamos juntos uma linda manhã de poesia com a Professora Marisa e Professora Vanessa.

Compartilhar

Deixe uma resposta