Café, Pão e Texto

0
1836

cafe

Hoje, na mais bela manhã de outono, recebi um grupo de professores de escolas variadas. Vieram de Cachoeira de Macacu.
O café da manhã foi incrivel. Éramos mais de trinta pessoas.
Fiz, além do pão, um quibe de beringela e bolo, creme de ricota, mel, tomate ralado, chocolate quente, café com leite.
Falamos de leitura e eram professoras e professores apaixonados. Uma professora disse: – Só podemos formar um leitor quando somos leitores.
Fui apresentando alguns livros e ao chegar no Quem Vê Cara Não Vê Coração, poemas que fiz a partir de ditados populares, uma jovem me disse que os jovens nào conhecem mais os ditados, pois não os ouviram na infância. Entretanto, dizem:
– ” É aquele ditado:
Mas em seguida não dizem nada!
Mas muitos se lembravam de ditados que ouviam da avó, na roça. Alguns eu não conhecia.
Com o livro Cinco Sentidos e Outros, fomos buscando os outros sentidos. Intuição, Compaixão e alguém falou Fé. Mas fé como força, chama vital, o que nos move.
E de poema em poema, de assunto em assunto, chegamos ao final. Tivemos também um momento de autógrafos e fotografias.
Cansada e feliz. Nunca tive tantos encontros maravilhosos na mesma semana!
E ainda por cima, junto com a Professora Jaline Silva, veio sua filha Isabelle para me conhecer e trouxe o cartão mais bonito do mundo.
E terça feira será a festa de aniversário de um ano da Sala de Leitura que leva meu nome, na E.M.Clotilde, em Sampaio Correia.
Haja coração.

Compartilhar

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here