De São Gonçalo para o Café, Pão e texto

0
226

18198534_1298961460211704_8454880739139635652_n

Cada encontro do Café, Pão e Texto é único, irrepetível.
As professoras de São Gonçalo me trouxeram as mais belas experiências. E a voz de uma adolescente do Ensino Médio, filha de uma professora, desoladora. Seu curriculum não tem literatura, a Biblioteca da Escola é vazia e morta e ninguém da sua sala lê nada.
Mas uma professora trabalha com EJA, com jovens infratores e está conseguindo fazer o resgate destes jovens com poesia.
Outra professora conta o trabalho de pesquisa que fez para o seu Mestrado ou Doutorado, não sei. Uma roda onde se lia literatura, se pensava, se produzia. De um grupo de quinze, seis morreram porque entraram no tráfico, mas os outros se salvaram. Continuam estudando.
Foi muito bom falar, ouvir, trocar tanto. Foi muito bom ler meus poemas, abraçar e ser abraçada.
O café estava maravilhoso. A temperatura fantástica e a luz perfeita. Manhã inesquecível.

Compartilhar

Deixe uma resposta